Pesquisar

30 de dezembro de 2010

אבן העזר ’ - EBENÉZER!

É, este ano passou voando, nénão? parece que foi no mês passado que estávamos em março-abril; parece que foi ontem a pizzaria com a galera nas férias de junho-julho. Mas a verdade verdadeira é que chegamos no final do ano, mais precisamente, no penúltimo dia do ano. Daqui a dois dias, estaremos entrando no tal "ano novo". Para quem não sabe, 2011 é o primeiro ano da segunda década (2011-2020) do primeiro século (2001-2100) do terceiro milênio (2001-3000), por isso, não vem pouca coisa por aí não!

O que me deixa besta, alegre, sem palavras e com os olhos cheio de lágrimas, não é o fato do ano estar acabando, nem os presentes que ganhei no Natal, mas que hoje, eu posso urrar de alegria, com pose de vencedor e  gritar pra todo mundo: "EBENÉZEEER!! O DEUS DOS CÉUS FOI FIEL COMIGO E EU NÃO FUI DESAMPARADO!"

Você pode gritar assim?

Ebenézer ("pedra de ajuda" - 1º Sm. 7.12) denota a ajuda em tempo oportuno, os livramentos nos momentos perigosos e o consolo nos momentos de angústia, pavor e tristeza.
Na manhã de hoje, sonhei que estava no meio de uma estrada, enquanto vinha, em uma velocidade máxima, um ônibus na contra-mão e outro do lado inverso, e eu, não fui atingido. O mais incrível, foi que isso realmente me aconteceu neste ano; os "ônibus desgovernados" vieram das mais variadas direções e eu, no perigo dos atropelamentos, fui livrado, guardado, amado, protegido, acolhido e fortificado pelo Senhor.

Vai dizer que isso é privilégio meu? tenho certeza que não!

Sei que você, neste ano, também teve seus momentos desesperadores, intrigantes, angustiantes; momentos de aflição, momentos de perder o fôlego e até mesmo momentos de querer perder o ar (a vida), e o Senhor foi a nossa "pedra de ajuda", o nosso Ebenézer bem presente nos momentos difíceis.

O verso que Deus me inclinou a aprender, neste ano, foi:
"Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito (Rm. 8.28)."
Como foi difícil aprender isso! Mas depois que aprendi, como este verso me consola!
"Todas as coisas", no verso, quer dizer coisas boas e coisas ruins, saúde e doença, alegrias e tragédias, mas que estas coisas acontecem, para que o "plano armado de Deus", seja plenamente cumprido, para o nosso bem. Confesso que, no final deste ano, uma tragédia muuito grande me aconteceu e que, agora, terei que pagar no decorrer do próximo ano, mas depois que aprendi o verso, sei que Deus tem coisas plenamente boas para mim.

Você pode crer assim também?
Pais doentes, recuperação na escola, paralesia, incêndios e mortes não podem frustar os planos de Deus, pois eles são indestrutíveis. O que Deus planejou, acontecerá!

Tenha a coragem, a alegria, a certeza e a gratidão do velho profeta Samuel, dizendo: "Ebenézer - até aqui, o Senhor nos ajudou!" e acredite que Deus, neste próximo ano, cumprirá as boas coisas que Ele tem preparado para nós e assim, diremos como Josué: "Todos vocês sabem, no seu coração e no seu íntimo, que o SENHOR, nosso Deus, lhes deu todas as coisas boas que havia prometido. Ele cumpriu tudo; não falhou em nada" (Js. 23.14).  "Alegrias e tragédias", neste ano e no próximo, contribuirão para o nosso bem.

Agradeça a Deus pelo ano velho e gere expectativas para o novo.

Até ano que vem!
Cleison Brugger.

3 comentários:

Matheus Bastos disse...

Simplesmente perfeito. Me amarrei no seu texto. Deus te abençõe mais e mais meu amigo...

Abraços e conta comigo pra 2011.
Matheus Bastos

Cleison Brugger disse...

Obrigado Matheus.
Que no próximo ano, o Senhor fortifique, ainda mais, nossa amizade.
Conte comigo sempre, principalmente neste ano e nos próximos. ;)

cristina disse...

Hum...perfeito como os outros...
Que Deus continue abrindo seu entendimento a cada dia mais,e que você seja um pastor que entende suas ovelhas(vejo não hoje, mais daqui a um tempo)

Postar um comentário

 
Copyright 2009 Cleison Brügger | BLOG. Powered by Blogger Blogger Templates create by Deluxe Templates. WP by Masterplan